Recuperação da Biodiversidade

     

Índice de Artigos

DEZEMBRO 2018

Ação C2 - Controlo e erradicação dos ratos (Ponta de São Lourenço) e murganhos (Ponta de São Lourenço e ilhéu
Chão)
controlo e erradicacao dos ratos ponta de sao lourenco e murganhos ponta de sao lourenco e ilheu chao 1 20181205 1133854841 controlo e erradicacao dos ratos ponta de sao lourenco e murganhos ponta de sao lourenco e ilheu chao 2 20181205 1094373965 controlo e erradicacao dos ratos ponta de sao lourenco e murganhos ponta de sao lourenco e ilheu chao 3 20181205 1100654343 controlo e erradicacao dos ratos ponta de sao lourenco e murganhos ponta de sao lourenco e ilheu chao 4 20181205 1033511644
controlo e erradicacao dos ratos ponta de sao lourenco e murganhos ponta de sao lourenco e ilheu chao 5 20181205 1825651214 controlo e erradicacao dos ratos ponta de sao lourenco e murganhos ponta de sao lourenco e ilheu chao 6 20181205 1749082663 controlo e erradicacao dos ratos ponta de sao lourenco e murganhos ponta de sao lourenco e ilheu chao 7 20181205 1513879233


Ação C17 - Definição, criação e/ou manutenção de trilhos, áreas de visitação e áreas de exclusão (se necessário)
compatibilizados com os bens a proteger na área de projeto
definicao criacao e ou manutencao de trilhos 1 20181205 1792518276 definicao criacao e ou manutencao de trilhos 2 20181205 1848624110 definicao criacao e ou manutencao de trilhos 3 20181205 1577065011
definicao criacao e ou manutencao de trilhos 4 20181205 1496028226 definicao criacao e ou manutencao de trilhos 5 20181205 1805436207


NOVEMBRO 2018

Geomitracoronula Geomitrawatsoni
Encontra-se concluída e publicada a avaliação do estatuto de conservação, com base nos critérios da IUCN, de 4 das 5 espécies de moluscos terrestres alvo do projeto Recover Natura, designadamente Atlantica calathoides (CR), Geomitra grabhami (CR), Geomitra coronula (CR) e Geomitra watsoni (EN).

As avaliações foram efetuadas por D. Teixeira (IFCN), I. Silva (IFCN), R.A.D. Cameron (University of Sheffield) & K. Groh, nos anos de 2017 e 2018, em resultado de uma ação concertada entre dois projetos LIFE: European Red List of terrestrial molluscs (LIFE European Red Lists: LIFE2014/PRE/BE/001) e Recover Natura. Tendo por base os resultados de inventariação e de monitorização desenvolvidos nas ações A16 e D6 do projeto Recover Natura, os autores efetuaram a avaliação do estatuto de conservação dos táxones acima designados, os quais foram publicados na atualização do Livro Vermelho das Espécies de Moluscos Terrestres da Europa, em 2018. Os documentos relativos às avaliações dos táxones podem ser consultados nos seguintes links: 

  • Teixeira, D. 2017. Atlantica calathoides. The IUCN Red List of Threatened Species 2017:e.T107353425A107353451. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2017-3.RLTS.T107353425A107353451.en
  • Teixeira, D., Silva, I., Cameron, R. & Groh, K. 2018. Geomitra coronula. The IUCN Red List of Threatened Species 2018: e.T121001523A121001604. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2018-1.RLTS.T121001523A121001604.en
  • Teixeira, D., Cameron, R., Groh, K. & Seddon, M.B. 2018. Geomitra watsoni. The IUCN Red List of Threatened Species 2018: e.T157091A107737467. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2018-1.RLTS.T157091A107737467.en
  • Teixeira, D., Cameron, R., Groh, K. & Seddon, M.B. 2018. Geomitra grabhami. The IUCN Red List of Threatened Species 2018: e.T156368A107734630. http://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2018-1.RLTS.T156368A107734630.en

Quanto a Leiostyla lamellosa, não houve lugar à revisão do estatuto de conservação deste táxon prioritário fruto da ausência de registos da mesma durante a ação de inventariação A16. Deste modo, mantêm-se valida a revisão efetuada por Seddon (2011).


Disculacameroni  Disculapolymorphadocaensis

Foi submetido à revista Archiv für Molluskenkunde o artigo intitulado "Taxonomic revision of the late Pleistocene/Holocene land mollusc fauna (Gastropoda Pulmonata) of the Deserta Islands, Madeiran Archipelago, with the description of six new species and two new subspecies", de Teixeira et al.

Neste, os autores D. Teixeira (IFCN), B. Pokrysko (Natural History Museum, University of Wroclaw), R.A.D. Cameron (University of Sheffield), I. Silva (IFCN) e K. Groh efetuaram a revisão taxonómica da malacofauna terrestre do Pleistoceno/Holoceno presente nas ilhas Desertas, descrevendo oito novos táxones para a ciência, dois dos quais ainda podem ser encontrados a viver na Deserta Grande: Discula cameroni (Pokrysko, Groh & Teixeira) e Discula polymorpha docaensis (Teixeira & Groh).

Os dados recolhidos durante o projeto Recover Natura, nomeadamente nas ações A.16 e D6, contribuíram de forma decisiva para a descrição de D. cameroni e D.p. docaensis, bem como para a identificação da sua distribuição atual.


ABRIL 2018

LIFE RECOVER NATURA - LIFE12 NAT/PT/000195
Recuperação de espécies e habitats terrestres dos sítios da Rede Natura 2000 da Ponta de São Lourenço e Ilhas Desertas

Visita da Comissão-abril 2018

No passado mês de abril, tivemos a presença de elementos da Comissão Europeia, com o objetivo de acompanhar os trabalhos desenvolvidos nas diferentes ações do projeto Life Recover Natura, por forma a garantir a estabilidade destes ecossistemas, pertencentes à Rede Natura 2000.
No dia 04 de abril a Comissão, juntamente com os técnicos do IFCN-IP,RAM deslocaram-se até à Ponta de São Lourenço inteirando-se dos trabalhos que estão a decorrer nesta área protegida.

visita comissao 2018 1 20180504 1659409897 visita comissao 2018 2 20180504 1533137659

visita comissao 2018 3 20180504 1816762751 visita comissao 2018 4 20180504 1805567845


CONTROLO E ERRADICAÇÃO DA PHALARIS AQUÁTICA

No dia 05 de abril, a comissão visitou a Reserva Natural das Ilhas Desertas:

Juntamente com a equipa de Vigilantes da Natureza, estava também uma equipa de elementos envolvidos na ação C.6 de Controlo e Erradicação de plantas introduzidas com caráter invasivo, nomeadamente da Phalaris aquática, no Vale da Castanheira.

controlo phalaris aquatica2018 1 20180504 1429482220 controlo phalaris aquatica2018 2 20180504 1886444010


CONTROLO E ERRADICAÇÃO DOS RATOS E MURGANHOS (PONTA DE SÃO LOURENÇO E ILHÉU CHÃO) - AÇÃO C2

Entre os passados dias 21julho e 4 agosto decorreram a 1º e 2º fase dos trabalhos de controlo e erradicação no Ilhéu Chão nas Ilhas Desertas.
A necessidade de uma 2º fase dos trabalhos prendeu-se essencialmente pelos elevados consumos registados na 1º fase.
Estes foram os consumos mais altos alguma vez obtidos em relação a campanhas anteriores. Este esforço acrescido em termos operacionais não estava previsto, todavia a 2º fase dos trabalhos revelou-se de extrema importância.

controlo e erradicacao no ilheu chao ilhas desertas 1 20170906 2069470309 controlo e erradicacao no ilheu chao ilhas desertas 2 20170906 1955865142

controlo e erradicacao no ilheu chao ilhas desertas 4 20170906 1729991348 controlo e erradicacao no ilheu chao ilhas desertas 6 20170906 1455174033

controlo e erradicacao no ilheu chao ilhas desertas 3 20170906 1236108383 controlo e erradicacao no ilheu chao ilhas desertas 5 20170906 1287730351 controlo e erradicacao no ilheu chao ilhas desertas 7 20170906 1180481509

 

JUNHO 2017

ESTABELECIMENTO DE UMA LINHA DE MONITOIRZAÇÃO PARA AVALIAR A RESPOSTA DAS ESPÉCIES IMPORTANTES DE PLANTAS (EXCETO BETA PATULA) ÀS AÇÕES IMPLEMENTADAS – AÇÃO D10

Nos meses  de maio e junho, deu-se continuação aos trabalhos de monitorização da flora para o ilhéu do Desembarcadouro.
De modo a poder ser avaliada a eficácia das medidas implementadas pelo projeto, foram implementados e monitorizados 5 transetos no ilhéu.

NotBotanica

 

 

MAIO 2017

MONITORIZAÇÃO DAS AÇÕES DE CONTROLO DA PHALRIS SP. NO VALE DA CASTANHEIRA – DESERTA GRANDE  - AÇÃO D4

Na 2º quinzena do mês de maio estiveram no Vale da Castanheira – Deserta Grande uma equipa de técnicos a realizar a monitorização da evolução da vegetação às ações de controlo de espécies invasoras.
Nesta monitorização foi possível observar uma forte regeneração da vegetação indígena, o que mostra a eficácia do controlo que está a ser aplicado.

monitorizacao das acoes de controlo da phalris sp no vale da castanheira deserta grande 2 20170906 1477078306

 

 

ABRIL 2017

AVALIAÇÃO E MONITORIZAÇÃO DE BETA PATULA NO ILHÉU DO DESEMBARCADOURO

Nos dias 17 e 18 de abril foi realizada a quarta campanha de avaliação e monitorização de populações de Beta patula no ilhéu do Desembarcadouro. Nesta campanha foram realizados trabalhos referentes às ações A6, C8 e D11 do Projeto LIFE Recover Natura.

Os trabalhos centraram-se em três objetivos:

  1. Realização de censos nas 12 áreas selecionadas para a monitorização de populações de Beta Patula;
  2. Recolha de amostras de germoplasma (sementes) de Beta patula que representem a diversidade genética da população presente no ilhéu;
  3. Monitorização de 3 áreas de sementeira de Beta patula.

Os censos foram realizados de acordo com as metodologias empregues em anos anteriores. Procedeu-se à contagem de todas as plantas de Beta patula e das espécies companheiras presentes em quadrantes de 1m2 selecionados ao acaso.

Durante o trajeto entre os vários locais de estudo, foram recolhidas amostras de germoplasma de indivíduos, para preservação ex situ.
Foram também monitorizados 3 locais onde, em 2015, houve um teste piloto com a sementeira de Beta patula. Estes 3 locais encontram-se na periferia das áreas de ocorrência natural da espécie.

Após 2 anos, embora a presença de indivíduos seja diminuta em relação ao número de sementes utilizadas, estes estão estabelecidos e já produzem sementes.

beta patula 1 20170420 1064982112 beta patula 2 20170420 1048640904

beta patula 3 20170420 1464461974 beta patula 4 20170420 1664767718

 

 

MARÇO 2017

CONTROLO DE PHALARIS SP. NO VALE DA CASTANHEIRA - AÇÃO C6

Na primeira semana do mês de março estiveram no Vale da Castanheira- Deserta Grande uma equipa a dar continuidade aos trabalhos de controlo da Phalaris sp. Durante esta temporada foi aplicado herbicida em aproximadamente 1ha, dominado por esta espécie invasora que tem ameaçado a população de tarantula-das-desertas Hogna ingens, que ocorre e se reproduz exclusivamente nesta área.

controlo da phalaris 1 20170310 1165422552 controlo da phalaris 2 20170310 1768155113

 

FEVEREIRO 2017

IDENTIFICAÇÃO DA ATUAL DISTRIBUIÇÃO,EM TERRA E NO MAR, DO PINTAINHO - AÇÃO A10

Entre os passados dias 16 a 22 de fevereiro, a equipa SPEA esteve no Ilhéu Chão e na Deserta Grande a dar continuidade aos trabalhos de prospeção de pintainho Puffinus lherminieri, no âmbito da ação A10.

Depois de no ano passado apenas ter encontrado um ninho, este ano já foram identificados três novos ninhos.

 continuidade dos trabalhos de prospecao de pintainho 2 20170313 1359973362 continuidade dos trabalhos de prospecao de pintainho 4 20170313 1693642903

Contacto Instituto das Florestas e Conservação da Natureza - IPRAM

 

IFCN

    Quinta Vila Passos – Rua Alferes Veiga Pestana 15
9054 – 505 Funchal - Madeira Portugal
     (351) 291 740060/40

 

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

ptenfrdeitnoru

Número de Visitantes

Total de Visitas38373

Visitor Info

  • Browser: Unknown
  • Browser Version:
  • Operating System: Unknown

life bot   natura bot   logo SRA   IFCN   spea bot